domingo, 7 de junho de 2009

Amigos




"Escolho meus amigos não pela pele ou outro arquétipo qualquer, mas pela pupila. ...
Fico com aqueles que fazem de mim Louco e Santo.
Deles não quero respostas, quero meu avesso.
Que me tragam dúvidas e angústias e aguentem o que há de pior em mim.
Para isso só sendo Louco.
Quero os Santos para que não duvidem das diferenças e peçam perdão pelas injustiças.
Escolho meus amigos pela alma lavada e pela cara exposta.
Não quero só o ombro e o colo, quero também sua melhor alegria. Amigo que não ri junto não sabe sofrer junto.
Meus amigos são todos assim: Metade bobeira, metade seriedade!....
Quero-os metade infância e outra metade velhice.
Crianças para que não esqueçam o valor do vento no rosto, velhos para que não tenham nenhuma pressa. Tenho amigos para saber quem eu sou, pois os vendo loucos e santos. bobos e sérios, crianças e velhos....
Nunca me esquecerei de que normalidade é uma ilusão imbecil e estéril!"

Oscar Wilde

4 comentários:

James Almeida disse...

Amigos são as melhores coisas que há. *-*

Beijo.

Lailah disse...

Oscar Wilde é realmente fantástico! Adorei, com certeza meus poucos amigos que são valiozíssimos personificam a definição que ele fez ;) Muito bom o blog, virei seguidora, vc tem muito bom gosto para poesia!

Anônimo disse...

Ahhh os amigos, adoro os meus são importantes, mas pena ter que contá-los nos dedos da mão.


BLOGdoRUBINHO
www.blogdorubinho.cjb.net

Anderson Cavalcanti disse...

Branca
Estou vindo retribuir a sua visita.
Adorei o seu blog!
Tem muita coisa aqui que gosto.
Adoro esse texto de Oscar Wilde.

Sucesso!